Search
Close this search box.

mulher carregando vegetais em horta represetando os fertilizantes orgânicos

Veja a importância dos fertilizantes orgânicos para a sustentabilidade

SUMÁRIO

A agricultura busca cada vez mais formas sustentáveis de adubar a terra para garantir a qualidade do solo e do plantio. Os fertilizantes orgânicos, por exemplo, são fontes de nutrientes obtidos por meio da reciclagem de resíduos de culturas e plantas.

Esse processo reduz a poluição do solo, da água e do meio ambiente como um todo. Além disso, a aplicação de adubo orgânico melhora as propriedades físicas, químicas e biológicas do solo e ajuda a mantê-lo rico e fértil.

Além das questões ambientais, outra preocupação constante é com a produção dos alimentos para atender à demanda no mundo. Então, saiba o que são fertilizantes orgânicos e qual é a importância deles para a qualidade das culturas e um mundo mais sustentável.

O que são fertilizantes orgânicos?

Os fertilizantes orgânicos são produzidos a partir de matéria orgânica ou natural. Assim, podem ser obtidos por meio de várias fontes vegetais e animais, como folhas de árvores, estercos de animais, bagaços e cascas de alimentos.

Os componentes dos fertilizantes orgânicos são essenciais para o desenvolvimento das plantas. Eles fornecem nutrientes necessários ao solo e, consequentemente, aumentam a produtividade para suprir a demanda de alimentos.

Esse tipo de fertilizante é muito usado na agricultura orgânica — um segmento agrícola voltado para a sustentabilidade ambiental. Dessa forma, não são utilizados agrotóxicos, sementes modificadas e fertilizantes sintéticos. Então, o cultivo dos alimentos também é saudável.

neta e avó colhendo tomates na horta representando o uso de fertilizantes orgânicos

Diferenças entre os fertilizantes orgânicos e os tradicionais

As principais diferenças entre esses fertilizantes estão basicamente na composição. Enquanto o fertilizante orgânico é formado por matéria de origem vegetal e animal, o inorgânico possui elementos obtidos da extração mineral ou refino do petróleo.

Os nutrientes dos fertilizantes tradicionais são absorvidos pelas plantas com mais facilidade. Além disso, possuem composição química definida, assim, é possível calcular a quantidade necessária. Afinal, se for aplicado irregularmente, ele pode alterar a composição química do solo e torná-lo menos produtivo.

Já os orgânicos, como são feitos de matéria orgânica ou natural, colaboram para reduzir os impactos ambientais. Dessa maneira, além de reduzirem a produção de lixo, eles impedem a degradação do solo e controlam a resistência de pragas.

Tipos de fertilizantes orgânicos

Os fertilizantes podem ser desenvolvidos de maneiras diferentes, utilizando diversos compostos naturais. Portanto, conheça seis tipos de fertilizantes orgânicos mais comuns e como eles são obtidos:

1. Fertilizantes simples

O tipo de fertilizante orgânico simples é composto por matérias vegetais ou animais, como estercos de animais, folhas de plantas, borra de café, torta de mamona, entre outros. Então, o produto é produzido por meio da compostagem de resíduos.

2. Fertilizantes do tipo misto

Estes são obtidos a partir da mistura de dois ou mais fertilizantes orgânicos simples, como cinzas e torta de mamona. O primeiro é fonte de potássio (K), e o segundo fonte de nitrogênio (N), ambos importantes para as plantas.

3. Fertilizantes do tipo composto

Os fertilizantes do tipo composto são produzidos por meio de processos químicos, físicos, físico-químicos ou bioquímicos, sempre utilizando matéria-prima orgânica animal ou vegetal. Além disso, podem ser enriquecidos com composto orgânico ou vermicomposto, como húmus de minhoca.

4. Fertilizantes vermicompostos

Esses fertilizantes são obtidos a partir da digestão de matéria orgânica por minhocas presentes no solo. Outro processo interessante é que as minhocas transitam pelo composto, assim, criam buracos que ajudam a reter água na terra. Esse processo é essencial para o equilíbrio e a manutenção dos ecossistemas.

5. Fertilizantes organominerais

Os fertilizantes organominerais são produzidos pela mistura de matéria orgânica e inorgânica. Assim, um fertilizante feito com folhas de plantas, estercos de animais e minerais extraídos gera a versão organomineral.

6. Fertilizantes orgânicos de iodo de esgoto ou de lixo

Esses fertilizantes são construídos a partir da separação e compostagem desses dejetos. Então, o lixo orgânico é selecionado e separado dos demais e colocado na composteira. 

O esgoto sanitário passa por um processo de tratamento e gera um fertilizante totalmente seguro para ser utilizado no solo. Um ótimo exemplo é o iodo de esgoto, que passa por inúmeras etapas de redução, higienização e compostagem para transformá-lo em adubo.

Vantagens e desvantagens dos fertilizantes orgânicos

Os orgânicos são vantajosos por aumentarem a diversidade do solo. Dessa forma, surgem micro-organismos e fungos que contribuem para a qualidade do solo e a produção de frutas populares e acessíveis, como a laranja.

Além disso, por ser composto por matéria orgânica, esse tipo de fertilizante ajuda a manter o solo úmido por mais tempo. Outra vantagem é que ele possui uma concentração maior de nutrientes, o que aumenta a qualidade e a produtividade no cultivo.

Embora cheios de benefícios, os fertilizantes orgânicos possuem uma desvantagem que está relacionada à própria composição. Portanto, se não for produzido corretamente, pode conter agentes infecciosos prejudiciais à saúde.

mulher reganto plantas em horta represetando o uso de fertilizantes orgânicos

Como a Natural One contribui para a geração desses fertilizantes

A Natural One é uma empresa pioneira na fabricação de sucos 100% naturais, sem adição de açúcar, conservantes e corantes artificiais. São produtos livres de agrotóxicos, produzidos com frutas ou vegetais frescos. 

Esses resíduos são destinados para a compostagem e transformados em fertilizantes orgânicos. São mais de 385 toneladas de matéria orgânica reaproveitadas para beneficiar o meio ambiente.

Além disso, usamos o selo eureciclo, e já são mais de 1.700 embalagens recicladas. Tudo isso pensando em formas de amenizar os impactos ambientais. Então, se você também é engajado nessas questões, aproveite para conhecer os nossos sucos naturais e se delicie com responsabilidade ambiental.

Compartilhe

Sobre o Autor

VocÊ vai gostar de ler também

O alto nível de açúcar no sangue é um dos problemas causados, entre outros fatores, por má...