Search
Close this search box.

Suco pasteurizado é mais saudável? Entenda como o processo funciona

SUMÁRIO

Muitos dos produtos consumidos diariamente passam por processos que permitem que o tempo de validade seja longo para durarem mais e facilitarem a rotina. Um exemplo disso é o suco pasteurizado, que ganha um prazo de vencimento maior por meio da pasteurização.


Várias pessoas se questionam se esse processo mantém o valor nutricional dos alimentos e se é confiável para consumo. Adiantamos que, enquanto alguns adicionam aditivos e conservantes, outros são feitos de maneira mais natural, para preservar os nutrientes e proporcionar uma escolha mais saudável. 


Ficou curioso e quer saber se o suco pasteurizado é saudável? Ou como o processo acontece, porque é necessário e se realmente vale a pena consumi-lo? Continue a leitura e descubra!


Entenda melhor sobre o suco pasteurizado

As frutas possuem diversas propriedades benéficas para a saúde, podendo prevenir diversas doenças e melhorar o funcionamento do corpo, além de terem um sabor gostoso. Por isso, existem vários produtos feitos com elas, como o suco pasteurizado.


Porém, o que é suco pasteurizado? Trata-se de uma bebida que passa por um processo térmico, no qual é esquentada a vapor. Depois, é imediatamente resfriada no mesmo equipamento, diminuindo a temperatura. Dessa forma, ela se torna mais segura para o consumo e tem a validade prolongada.


Um exemplo é a pasteurização do suco de laranja, um dos mais famosos. Pelo fato da fruta ser um pouco mais ácida, é comum que passe pelo processo duas vezes: assim que o suco é extraído e quando é colocado na embalagem. Assim, proporciona grande parte dos nutrientes para o consumidor.


Na Natural One, o processo é um pouco diferente. No caso, todos os sucos, inclusive o de laranja, passam somente uma vez pela pasteurização, uma etapa que chamamos de “Flash Pasteurization”. 


Depois disso, acontece o processo de envase antisséptico a frio, que mantém a temperatura entre 1°C e 4°C para preservar as características nutricionais e o frescor das frutas, impedindo a proliferação de micro-organismos e prolongando a validade.


Para que a pasteurização do suco serve?

A pasteurização acontece com o intuito de matar micro-organismos que podem proliferar durante o período de armazenamento, assim como desativar enzimas responsáveis por tirar o sabor, o aroma e a textura do produto. Assim, o suco pasteurizado fica apropriado para o consumo e tem uma durabilidade maior. Entenda melhor sobre as propriedades.


É diferente em cada suco

Existem vários tipos de sucos industrializados: integral, reconstituído, néctar e refresco são alguns. Cada um conta com formas diferentes de produção. Se você prefere escolher opções saudáveis, é sempre importante verificar o processo e os ingredientes de cada alimento.


A diferença entre eles é que o integral e o reconstituído podem ser 100% naturais, sendo opções mais saudáveis. Já o néctar e o refresco levam outros ingredientes e açúcar que não são próprios da fruta, sendo uma opção menos original.


O suco pasteurizado é natural dependendo da composição. O integral, por exemplo, é feito apenas com frutas, sem adição de açúcar nem aditivos, sendo 100% natural. Então, é uma das opções mais saudáveis.


Mantém o sabor

A pectina é uma enzima presente nas frutas. Quando quebrada, pode causar a gelificação, consequentemente, mudando a textura e o sabor. O suco pasteurizado evita que isso ocorra, porque, quando esquentado, desativa o funcionamento da enzima. 


Quanto maior for o pH de uma fruta, ou seja, quanto menos ácida ela for, maior é o tempo do tratamento térmico, para impedir a quebra da pectina. Também é importante considerar a sensibilidade dela ao calor. 


Gera efeitos sobre os nutrientes

Embora muitos acreditem que o suco pasteurizado perde grande quantidade de nutrientes por ser processado, isso não é totalmente verdade. A alta temperatura da pasteurização pode eliminar vitaminas e minerais, porém, como acontece em questão de segundos, o impacto é considerado pequeno.


Segundo estudos realizados pela UNESP (Universidade Estadual de São Paulo), o suco de laranja pasteurizado tem o mesmo efeito antioxidante que o de laranja fresca em adultos saudáveis. Dessa forma, é possível absorver os antioxidantes e a vitamina C, muito benéficos para a saúde. 


Qual é a diferença entre os sucos não pasteurizados?

Primeiro, o que é suco não pasteurizado? Aquele que utiliza outras formas para aumentar a validade, como o uso de conservantes, que são substâncias químicas que agem conservando o produto por mais tempo, agindo contra micro-organismos e bactérias. 


A diferença está na questão da saúde. O suco pasteurizado conta com um processamento completamente natural, que preserva as propriedades de uma fruta ao máximo. Por outro lado, o uso de aditivos pode ter efeitos desfavoráveis no corpo, além de causar doenças.


Experimente o frescor do natural!

Na Natural One, é utilizada a melhor tecnologia para conservar os sucos: o envase asséptico a frio. Por meio dele, conseguimos manter o frescor e a validade do suco de forma segura, além de grande parte das vitaminas e dos minerais presentes nas frutas. 


O Suco Integral de Laranja 100% natural é uma das opções mais famosas pelo sabor delicioso da fruta e todas as propriedades dela. Ele é ideal para começar o dia de uma forma mais docinha e saudável. 


São várias opções de sucos encontrados no site da Natural One. O melhor de tudo é que você pode receber os produtos no conforto da sua casa. Também é possível comprá-los em mercados espalhados pelo Brasil. Se você assinar nossa newsletter, além de receber novidades, ganha 10% de desconto na primeira compra on-line!

Compartilhe

Sobre o Autor

VocÊ vai gostar de ler também

Além de ser conhecido pelas temperaturas mais amenas e pelas quedas das folhas, o outono também é...