Search
Close this search box.

Entenda como fazer compostagem e por que ela é tão importante

SUMÁRIO

As principais práticas para promover a sustentabilidade envolvem reduzir, reciclar e reutilizar o lixo orgânico. Por isso, é importante aprender como fazer compostagem, um processo prático e biológico de valorização e reaproveitamento da matéria orgânica, seja ela doméstica, urbana, industrial ou agrícola.


A compostagem é uma técnica antiga, mas que vem ganhando cada vez mais popularidade a partir de uma maior consciência ambiental. Você aí, já sabe o que é compostagem? Basicamente, é um processo no qual os resíduos orgânicos são degradados biologicamente por fungos e bactérias, criando um adubo natural.


Assim, todos os resíduos orgânicos que seriam descartados sem cuidado em lixões ou aterros sanitários, por exemplo, dão origem a um poderoso húmus rico em nutrientes capazes de fertilizar o solo para o plantio de plantas e vegetais. Confira a seguir mais alguns detalhes e informações sobre como fazer compostagem!


O que é uma composteira?


Em resumo, a composteira é o recipiente onde será depositado correta e ecologicamente o material orgânico que será transformado em adubo durante a compostagem. A escolha do tamanho e do material vai depender do volume de resíduos que é produzido por você e sua família.


Conheça as 3 fases da compostagem


Na primeira fase da compostagem, os microrganismos começam a se desenvolver nos resíduos orgânicos colocados na composteira, resultando na decomposição do material. Esse processo dura cerca de 15 dias, pois as moléculas mais simples são metabolizadas primeiro numa temperatura em torno de 40 °C. 


A segunda fase é um pouco mais demorada. Dependendo das propriedades do material descartado, a compostagem pode levar até dois meses para ser concluída. Aqui, entram em ação os fungos e as bactérias conhecidas como termófilos, que conseguem sobreviver a temperaturas elevadas (65 °C e 70 °C).


Já a última fase também pode durar dois meses e consiste na redução da atividade microbiana, bem como da temperatura e da acidez. Esse processo de estabilização dá origem ao composto maturado, o húmus, livre de organismos e substâncias prejudiciais à saúde.


Como fazer a compostagem em casa?


O primeiro passo para começar a compostagem em casa é escolher o recipiente onde será colocado o resíduo orgânico que dará origem ao húmus. O processo  precisa de três recipientes de cor escura. Feito isso, coloque-os empilhados em um local arejado, protegido da chuva e do sol.

Imagem de como fazer compostagem

Você pode encontrar uma composteira em lojas de produtos para jardinagem ou criar a sua própria composteira doméstica. Para isso, precisará de três recipientes plásticos ou de madeira. Os dois superiores são digestores: o primeiro, onde se coloca os resíduos, precisa de tampa e furos no fundo.


Enquanto isso, o segundo requer apenas os furos. A função dele é armazenar o chorume orgânico produzido. Esse material orgânico líquido pode ser diluído em água e utilizado como um fertilizante para regar o jardim e a horta.


Compostagem com minhocas


Como vimos, a compostagem conta com a ação de fungos e bactérias para dar certo. No entanto, para acelerar o processo, você também pode utilizar as minhocas criando a chamada “vermicompostagem”. Essa técnica gera o húmus de minhoca, um excelente composto orgânico, fonte de nutrientes e minerais.


As minhocas também são ótimas aliadas para ajudar a estabilizar o pH, os níveis de carbono/nitrogênio e os componentes físicos, químicos e biológicos durante a compostagem. Geralmente, a espécie utilizada nesse processo é a Egípea, popularmente conhecida como vermelha da Califórnia ou minhoca dos resíduos.


Ela é conhecida por digerir uma grande variedade de materiais orgânicos em menos tempo, promovendo a aceleração da maturação do composto. Além disso, é muito ativa, apresentando uma alta taxa de conversão do composto em húmus e de reprodução.


O que deve ter na composteira?


Para saber como fazer compostagem, não basta armazenar os resíduos orgânicos. Também é preciso acrescentar outros materiais. Por exemplo, os recipientes de cima e do meio devem ser forrados com folhas secas e serragem ou pedras de argila para ajudar a drenar os resíduos líquidos.


Logo em seguida, é necessário colocar uma camada razoável de terra com as minhocas e, só então, o lixo orgânico descartado por cima. Vale lembrar que também é essencial criar mais uma camada de folhas secas ou serragem sobre os resíduos para evitar mau cheiro.


Imagem de como fazer compostagem

O que não colocar na composteira?


Nem todos os resíduos orgânicos devem ser colocados na composteira. Uma dica é evitar armazenar alimentos de origem animal, como carnes e fezes, que podem causar mau odor e contaminação do húmus. Restos de frutas e vegetais, cascas de ovo e borra de café são bem-vindos, além de folhas e grama fresca


Invista na compostagem como a Natural One!


Viu só como fazer compostagem é simples e ajuda o meio ambiente? Na Natural One, nós já transformamos 284 toneladas de resíduos orgânicos em fertilizantes por meio da compostagem. Além disso, também já destinamos 385 toneladas de lodo para o mesmo processo.


A nossa preocupação é produzir sucos 100% naturais saudáveis, sem adição de conservantes, aditivos, corantes ou aromas artificiais com baixo impacto ambiental. No nosso site, você pode conferir diversos sabores para recarregar as energias e aumentar o bem-estar. Peça já o seu e receba no conforto da sua casa.


Ah, aproveite para escolher o seu acessório exclusivo da Natural One. Temos diversos itens desenvolvidos especialmente para você beber aquele suco natural com muito estilo e praticidade! Confira desde kit de canudo até toalha de praia, garrafa de vidro, copo, sacola térmica e cartela de ímãs.

Compartilhe

Sobre o Autor

VocÊ vai gostar de ler também

Você sabia que os benefícios da proteína impactam diretamente funções vitais do corpo humano? Sem as proteínas,...