Search
Close this search box.

Vitaminas da uva: saiba quais são elas e que benefícios trazem para a saúde

SUMÁRIO

Você sabe quais são as vitaminas da uva? Apesar de ser uma fruta pequena, ela tem alto valor nutricional. Geralmente, é utilizada no preparo de diversas receitas, seja de pratos ou bebidas, como sucos, sobremesas, bolos e outras.

Quais são as vitaminas da uva? Ela contém vitaminas A, E, C e K, responsáveis por trazer diversos benefícios para a saúde. Além disso, conta com fibras e possui bioativos com ação antioxidante, como o resveratrol, um composto vegetal que ajuda o corpo a se desintoxicar de moléculas que podem causar doenças.

O alimento ainda se destaca por conta da facilidade de ser inserido na alimentação do dia a dia, podendo estar em receitas ou até mesmo ser consumida pura. A seguir, conheça as vitaminas da uva e os benefícios que elas trazem para a saúde.

Vitamina A

A vitamina A faz parte dos micronutrientes que são dissolvidos em gordura. Ela é responsável por trazer diversos benefícios, como o combate ao envelhecimento precoce.

Isso só é possível por conta de suas propriedades antioxidantes, que têm a capacidade de neutralizar o excesso de agentes causadores das rugas e da flacidez na pele.

O micronutriente melhora a absorção de ferro e é capaz de atuar na prevenção de doenças, como a degeneração macular, que pode até fazer a pessoa perder a visão. Ele também auxilia no crescimento, ajudando a formar dentes e colágeno. Outro benefício é a regulação de genes para a renovação e produção celular.

Vitamina E

A vitamina E é uma substância lipossolúvel essencial para a proteção do organismo humano contra ações de radicais livres. Ela pode ficar armazenada no fígado e no tecido adiposo por um longo período.

Dentre os seus benefícios, estão a melhora na resistência e na força muscular. A vitamina E também ajuda a prevenir doenças cardiovasculares, pois reduz os níveis de colesterol no sangue. E especialmente para homens, ela ajuda na produção de hormônios ideais para a fertilidade.

Dentre as vitaminas da uva, essa é a que proporciona saúde aos cabelos, mantendo a integridade das fibras capilares. Também reduz o risco de doenças neurológicas, como Alzheimer e Parkinson.

Vitamina C

A uva tem a vitamina C, um nutriente hidrossolúvel e que não é sintetizado pelo corpo. Por isso, é muito importante ingerir o alimento e obter os benefícios proporcionados por essa substância.

Ela é essencial para o fortalecimento do sistema imunológico, pois aumenta a produção de glóbulos brancos, que são células responsáveis por defender o organismo humano de agentes externos. Além disso, o nutriente da uva amplia a quantidade de anticorpos.

A vitamina C fortalece os ossos por meio de estímulos na produção de colágeno. Outro benefício é a maior absorção de ferro, pois facilita que esse processo seja feito pelo organismo. Ela também auxilia no combate ao envelhecimento precoce, pois traz mais elasticidade e impede que as rugas apareçam.

Vitamina K

A vitamina K é fundamental para a saúde humana. Ela é lipossolúvel e importante para os ossos, metabolismo celular e coagulação sanguínea. Além disso, traz outros benefícios.

É essencial para a produção de proteínas responsáveis pela coagulação sanguínea, sendo ótima para a prevenção de hemorragias excessivas e também para a cicatrização adequada.

A ação anti-inflamatória é mais um dos benefícios da vitamina K. Com ela, há a redução da glicoproteína de interleucina-6, causadora da inflamação no interior do corpo. A substância ainda ajuda na saúde óssea, regula o metabolismo celular e estimula a saúde cardiovascular.

Tipos de uva

Você sabia que existem mais de 8 mil tipos de uva no mundo? Mais de 60% delas são destinadas à vinicultura. As de mercado são chamadas de “uvas de mesa” e estão cada vez mais doces. Apesar da grande variedade, há algumas mais populares.

Itália

A uva itália é a mais conhecida do Brasil. Ela tem casca verde-clara ou levemente amarelada. Tem sementes, polpa crocante e textura consistente. É ótima para molhos salgados, saladas e tortas doces.

Thompson

Esse tipo de uva é originária do Oriente Médio, sendo uma das frutas de mesa mais antigas. Ela tem coloração âmbar, polpa crocante e o sabor neutro. Uma característica importante é a ausência de sementes.

Rubi

Com o aroma neutro, essa uva pode ser servida fresca e está presente principalmente em geleias e sucos. Os bagos têm coloração mesclada entre o amarelo e o rosado.

Crimson

Esta uva tem o tom vermelho rosado e polpa firme e crocante. Os cachos e bagos são pequenos. Geralmente, ela é utilizada em receitas com queijos, risotos, carnes de porco, doces, tortas e saladas de frutas.

Como colocar a uva na rotina de alimentação?

Uma das formas mais práticas e eficientes é consumir a própria fruta como sobremesa após o almoço, por exemplo. Assim, você consegue obter todas as vitaminas dela. É recomendado procurar um nutricionista para preparar uma dieta equilibrada que se adeque ao seu dia a dia.

E apesar de não trazer todas as vitaminas da fruta in natura, o suco de uva é uma forma bacana de se acostumar com o sabor da fruta e ainda conseguir alguns nutrientes importantes. Na Natural One, por exemplo, há o suco natural preparado sem aditivos de aromas artificiais e corantes.

O produto é conservado em um método de envase antisséptico a frio, que evita a proliferação de bactérias. Com a bebida, é possível aproveitar diversos benefícios da uva.

Natural One: variadas opções de sucos 100% naturais

O consumo de sucos 100% naturais é uma ótima forma de absorver nutrientes essenciais para o corpo, como as vitaminas da uva. Por isso, é recomendado adicionar a bebida na sua rotina. Na Natural One, você encontra as opções ideais.

Aproveite para garantir os sucos da Natural One e receba no conforto de sua casa. Verifique se sua região está disponível para entrega e encomende o seu sabor preferido no site. Lá, também há outros sabores, como os sucos de laranja, maçã, acerola e muito mais.

Compartilhe

Sobre o Autor

VocÊ vai gostar de ler também

Minimizar os impactos ambientais é de extrema urgência, e a logística reversa, também conhecida como Política Nacional...