Search
Close this search box.

Texto alternativo: Na imagem há uma caixa de água, uma mão dentro do balde

9 maneiras criativas de economizar água

SUMÁRIO

Inclua na rotina estratégias que vão além de fechar a torneira ao escovar os dentes. Economizar água é também preservar o planeta! 

Olhando para o planeta Terra lá do espaço, é possível perceber que água é o que não falta. Não à toa, ele é também chamado de “planeta azul”. Mas, quem diria, ainda assim há escassez de água no mundo. O motivo é que, apesar de cobrir a maior parte da superfície terrestre, a água disponível para uso humano – a água doce – existe apenas em pequena porcentagem.

O crescimento populacional e atividades como a agricultura e a indústria vêm demandando cada vez mais desse recurso, que diminui à medida que o desmatamento cresce, secando nascentes, e conforme aumenta a poluição dos rios, que contamina peixes e inviabiliza seu uso.

Como podemos ajudar? Economizar água é a resposta certa. A prática é essencial para garantir a disponibilidade de recursos hídricos para as gerações presentes e futuras, além de significar economia na hora de pagar a conta e ajudar a preservar o meio ambiente.

Você já sabe que fechar a torneira enquanto escova os dentes, por exemplo, é uma atitude básica que faz a diferença. Mas é possível ir além, quer ver só?

 

Tipos de água

Texto alternativo: Na imagem há uma caixa d'agua e uma mão pegando um pouco de água com um regador.

Além de economizar, é possível reutilizar água em casa, no dia a dia. Antes de conhecer alguns exemplos, entenda quais são os tipos de água gerados no ambiente doméstico.

 

  • Água potável: água própria para consumo humano, considerada segura e adequada para beber, cozinhar, tomar banho e demais atividades relacionadas à higiene pessoal. A água potável geralmente é fornecida pelos sistemas de abastecimento público ou pode ser obtida por meio de poços privados.

 

  • Água cinza: é a água resultante de atividades domésticas diárias, como a que sai da máquina de lavar roupa, da lavagem da louça, do banho e da pia do banheiro. A água cinza contém baixos níveis de contaminação e pode ser reutilizada para fins não potáveis, como descarga de vasos sanitários e limpeza de pisos externos.

 

  • Água negra ou água sanitária: é a água residual que contém resíduos provenientes do uso do vaso sanitário. Essa água é considerada altamente contaminada e requer tratamento específico antes de ser descartada. Geralmente, a água negra é encaminhada para sistemas de tratamento de esgoto para a remoção adequada de contaminantes antes de ser devolvida ao meio ambiente.

 

Usar e reutilizar

Agora que você já sabe a diferença entre os tipos de água, é hora de adotar medidas sustentáveis no gerenciamento da água em casa, com práticas adequadas de uso e reutilização.

 

  1. Vai fazer macarrão e vegetais? Primeiro cozinhe os vegetais em água e use a mesma água para cozinhar o macarrão. Em outros casos, espere a água utilizada para cozinhar vegetais, massas ou ovos esfriar e utilize-a para regar plantas, desde que não contenha temperos ou produtos químicos prejudiciais.

 

  1. Se você mora em uma casa, capture a água da chuva em barris para irrigação externa ou para lavar a calçada ou o carro.

 

  1. Use as máquinas de lavar roupa e louça apenas com cargas completas. Isso maximiza a eficiência da água. Se possível, escolha ciclos mais curtos e ecológicos.

 

  1. A água cinza resultante das máquinas de lavar roupa e louça pode ser usada para tarefas que não requerem água potável, como descarga de vasos sanitários, lavagem da área de serviço, da calçada e de carros.

 

  1. Cronometre os banhos para que sejam mais curtos. Considere usar um timer ou crie uma playlist com a duração ideal para ajudar a limitar o tempo.

 

  1. Opte por trazer para casa plantas nativas que requerem menos água e projete o paisagismo para minimizar a necessidade de irrigação usando alguma cobertura para reter a umidade no solo e reduzir a evaporação. Como Aloe Vera, Suculentas, Cactos ou Espada-de-São-Jorge.

    Texto alternativo: Na imagem há três tipos de plantas que não precisam tanto de água, como espada de são jorge.

  2. Enxágue frutas e legumes em uma tigela com água, em vez de deixar a água correr continuamente. Reutilize essa água para lavar outros itens ou regar plantas. Se você usar hipoclorito de sódio para higienizar hortaliças, aproveite a água da tigela para limpar a bancada ou a cuba da pia, ou ainda para deixar as esponjas de molho.

  1. Verifique se há vazamentos em torneiras, banheiros e canos e conserte-os imediatamente. Mesmo um pequeno vazamento pode desperdiçar uma boa quantidade de água ao longo do tempo.

  1. Monitore o uso de água na sua casa. Acompanhe o consumo, compare-o ao longo do tempo, observe os valores pagos em cada conta. Identifique as áreas onde é possível melhorar e envolva a família nessa tarefa diária, que pode e deve ser incorporada à rotina do lar.

 

Economizar água é essencial para garantir a sustentabilidade ambiental, a disponibilidade de recursos hídricos, a preservação dos ecossistemas, a redução de custos, a mitigação das mudanças climáticas e a pegada ambiental. Cada indivíduo pode fazer a diferença!

Na imagem há quatro sucos de Natural One de 900ml: maçã, uva, laranja e pink lemonade.

Em tempo: na hora de se hidratar, não vale economizar. Alterne os copos diários de água com os sucos da Natural One, que são 100% preparados com frutas. São mais de 10 sabores com combinações inusitadas, como a do Pink Lemonade, que leva limão + framboesa. 

Compartilhe

Sobre o Autor

VocÊ vai gostar de ler também

Você já ouviu falar em mindfulness e seus benefícios para a saúde mental e o bem-estar? Traduzida...